Como saber se o equipamento indicado pelo seu médico é o melhor para o acompanhamento de hipertensão arterial?

Pacientes hipertensos já sabem: o monitoramento da doença é peça chave para uma vida mais saudável. Uma das maneiras mais eficientes para controle da hipertensão é por meio do monitoramento em casa.

Para isso, o paciente precisa de um monitor de pressão arterial que, muitas vezes, é recomendado pelo próprio médico cardiologista.

Mas, afinal, como saber se o equipamento indicado pelo seu médico é o melhor para o acompanhamento de hipertensão arterial?

Em meio a tantos produtos disponíveis no mercado, como identificar aquele que melhor corresponde às suas expectativas?

Para te ajudar a solucionar essa e outras dúvidas, preparamos este conteúdo. Acompanhe.

Medir a pressão arterial em casa é recomendado?

Sim. Pacientes já diagnosticados com hipertensão devem fazer o monitoramento da doença em casa a fim de manter a pressão arterial controlada.

Afinal, o controle da pressão arterial é a melhor maneira de evitar o desenvolvimento de complicações, como AVC e infarto.

A medição da pressão arterial em casa é defendida pela WHL (Liga Mundial da Hipertensão, em português) e pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Isso porque o monitoramento em casa proporciona uma estimativa mais real da pressão arterial daquele paciente. Em casa, em um ambiente familiar e realizando suas atividades diárias, as medições podem ser mais fidedignas.

Portanto, monitorar a pressão arterial em casa ajuda a manter a doença controlada, assim como auxilia na identificação precoce da hipertensão.

Quais são as recomendações para medir a pressão arterial em casa?

Para começar, não meça a pressão arterial depois de uma situação de estresse ou atividade física. Essas situações elevam a pressão sanguínea nas artérias.

Portanto, para que o resultado seja fidedigno, é importante que o paciente esteja calmo e em repouso.

Para medir a pressão arterial corretamente, você deve estar sentado com as pernas descruzadas, bexiga vazia e em repouso entre 3 a 5 minutos.

Caso você tenha ingerido bebida alcoólica, fumado ou tomado café, você deve esperar, ao menos, 30 minutos antes de realizar a medição.

E fique tranquilo! Não é necessário medir a pressão arterial várias vezes ao dia. O recomendado é que o paciente meça duas vezes, por exemplo.

Uma antes do café da manhã e a outra antes do jantar. Mas converse com o seu médico sobre qual é a frequência mais adequada para o seu caso.

Como medir a pressão arterial em casa corretamente?

Para medir a pressão arterial em casa, o recomendado é que o paciente utilize um monitor de pressão arterial automático.

Mais fáceis de usar e intuitivos, equipamentos dessa categoria exigem pouco esforço para que a medição seja realizada com eficiência.

Na hora de medir a pressão arterial, utilize o braço esquerdo e mantenha-o apoiado sobre uma mesa.

Deixe a braçadeira pelo menos 2 dedos acima da dobra do braço e passe o fio do monitor de pressão arterial por cima do braço. Mantenha a palma da mão para cima.

Evite conversar enquanto a medição estiver sendo realizada. Ligue o aparelho e espere que ele faça a leitura da pressão arterial.

Pronto! Uma boa dica é anotar os resultados para depois mostrá-los ao seu médico.

Quais são os tipos de monitores de pressão arterial automáticos?

Para uso doméstico, o mais recomendado são os monitores automáticos. Conheça a seguir os dois tipos:

Monitores de braço

Nos monitores de braço, a braçadeira deve ser posicionada em volta do braço. Eles são confiáveis e fáceis de usar, uma vez que, nos monitores automáticos, a braçadeira é inflada automaticamente.

Na hora de monitorar a pressão arterial, o paciente deve estar atento em ajustar o manguito corretamente, evitando que fique muito apertado ou solto demais.

Em qualquer um desses casos, o resultado da pressão arterial pode ser incorreto.

Monitores de pulso

Os monitores de pulso são mais leves, compactos, confortáveis e mais baratos. Nesses aparelhos, a pressão arterial é medida pelo pulso do paciente.

Entretanto, se o punho não estiver próximo ao nível do coração ou o usuário não seguir alguma recomendação, é possível que o resultado seja inconsistente.

Qual é o medidor de pressão arterial mais confiável?

Para o monitoramento em casa, o mais recomendado é que o paciente utilize monitores digitais. A American Heart Association recomenda o uso de monitor automático de braços, uma vez que eles são mais fáceis de usar e mais confiáveis.

No entanto, se você seguir as recomendações de uso e se o aparelho tiver selo do INMETRO, os dois tipos de medidores serão seguros.

Como verificar se o equipamento é confiável?

Para te ajudar a entender se o equipamento indicado pelo seu médico é o melhor para o acompanhamento de hipertensão arterial, separamos mais algumas dicas. Veja só:

Avalie as certificações

Os monitores de pressão arterial digital e automático são mais práticos. No entanto, se não forem de boa qualidade podem fornecer resultados não confiáveis.

Por isso, na hora da compra verifique se o equipamento possui selo do INMETRO e se é aprovado pela SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia).

Conheça outras certificações importantes:

  • AAMI – Advancing Safety in Medical Technology;
  • ESH – European Society of Hypertension;
  • American Heart Association;
  • FDA APPROVED;
  • ANVISA;

Análise do tempo de garantia dos monitores de pressão arterial

O tempo de garantia diz muito sobre a qualidade do produto. Portanto, antes de escolher o seu monitor de pressão arterial, avalie também o tempo de garantia.

O ideal aqui é pensar na compra como um investimento, afinal, a sua saúde é prioridade. Contar com um equipamento preciso e durável é primordial, visto que a hipertensão é uma doença crônica e o paciente hipertenso precisará monitorar a pressão arterial por toda a vida.

Alguns equipamentos da marca Microlife, por exemplo, oferecem 5 anos de garantia. Isso sim é confiar na qualidade do equipamento, não é mesmo?

Conheça os diferenciais da Microlife

Os monitores de Microlife com tecnologia exclusiva AFIB permitem a detecção precoce de Fibrilação Atrial, o tipo de arritmia cardíaca mais comum do mundo.

A doença é, normalmente, silenciosa e a sua detecção precoce reduz o risco de complicações, como AVC. Ter um monitor de pressão arterial com esse recurso pode salvar a vida do paciente.

A marca também disponibiliza a linha de produtos MAM que garante um valor fidedigno de pressão arterial baseado em estudos e indicações médicas.

Observe o tamanho do manguito

Outro ponto muito importante é o cabo do manguito. Se o paciente não estiver confortável ou se o manguito não tiver o diâmetro suficiente para aferição da pressão, o resultado da pressão arterial pode ser comprometido.

Os aparelhos da Microlife contam com cabo do manguito com mais de 100 cm visando o conforto do paciente. Ainda falando sobre conforto, vale também analisar o peso do equipamento.

Os monitores mais leves proporcionam mais comodidade ao usuário.

Invista no seu bem-estar

img       img 2

 

Monitor de Pressão Arterial Pulso Prata e Monitor de Pressão Arterial MAM Microlife: opções encontradas no Medhyper para medições seguras e efetivas

 

Até aqui você já deve ter entendido que o monitoramento e controle da pressão arterial são etapas fundamentais para prevenção e tratamento da hipertensão.

Não perca tempo e adquira já o seu monitor de pressão arterial e invista no seu bem-estar.

A qualidade dos produtos Microlife é reconhecida mundialmente. Conheça todas as linhas de produtos Microlife da MedHyper!

hipertensão arterial, MedHyper, microlife


MedHyper

A MedLevensohn, empresa brasileira de distribuição de produtos para saúde e bem-estar com mais de 18 anos de atuação no mercado nacional, desenvolveu o Projeto MedHyper com o objetivo de prover uma vida equilibrada e de qualidade, com economia, informação, comodidade e tecnologia aos portadores de Hipertensão. Este poderoso aliado tecnológico, baseado nos mais modernos sistemas de telessaúde do mundo, visa trazer benefícios diretos aos seus participantes. De uma forma prática e eficiente, o MedHyper é uma ferramenta importante no controle de problemas crônicos e de difícil solução através de métodos usuais.

Assine nossa newsletter

Gostaria de receber informações e comunicações do projeto MedHyper via email com a opção de descadastramento a qualquer momento.

Contato