Saiba alguns alimentos recomendados para quem tem diabetes

O diabetes é uma doença crônica que afeta milhares de pessoas no mundo. Estima-se que somente no Brasil existam mais de 16,8 milhões de pessoas com a doença.

A expectativa é de que esse número alcance 21,5 milhões em 2030, segundo o Atlas da Diabetes da Federação Internacional de Diabetes (IDF) 2019

A crescente prevalência do diabetes tem preocupado o Ministério da Saúde e os profissionais da área.

Isso porque ele pode causar complicações, como doenças renais, hipertensão arterial, amputações, infartos, derrames, catarata, glaucoma e retinopatia diabética. 

Diante desses riscos, é importante que o paciente diabético seja tipo 1, tipo 2 ou gestacional tome alguns cuidados, especialmente com a alimentação. 

Isso porque é importante que quem tem diabetes consuma alimentos com baixo índice glicêmico ou que ajudam a reduzir a glicemia no organismo.

Você sabe quais são? Continue a leitura e descubra!

Entendendo o diabetes e seus tipos

Antes de tudo, você sabe o que é diabetes? É uma síndrome metabólica decorrente da incapacidade do pâncreas de produzir insulina ou da má absorção da insulina pelo organismo.

O papel da insulina é quebrar as moléculas de glicose, transformando-a em energia para as células.

Assim, a falta ou incapacidade da insulina de exercer adequadamente sua função provocará altas taxas de açúcar no sangue. E isso é que chamamos de diabetes

Ela pode ser do tipo 1, 2 ou gestacional. Conheça a seguir sobre cada um dos tipos:

Tipo 1

Na diabetes do tipo 1 não há produção de insulina no pâncreas. Porque o sistema imunológico ataca as células que produzem insulina. 

Os portadores de diabetes tipo 1 precisam de injeções diárias de insulina para manter o nível de glicose normal. Geralmente, esse tipo aparece na infância e adolescência.

Tipo 2

Já na diabetes do tipo 2 há a dificuldade do uso da insulina produzida pelo pâncreas. Geralmente, atinge os adultos, mas ultimamente também tem afetado os mais jovens.

Isso acontece em virtude dos maus hábitos alimentares, sedentarismo e estresse. Esse tipo corresponde a 90% dos casos.

Diabetes gestacional

Ainda há o diabetes gestacional, que é o aumento de glicose no sangue durante a gravidez. Geralmente a glicose se normaliza após o parto. 

No entanto, mulheres que tem diabetes gestacional têm maiores chances de desenvolver diabetes tardiamente, isto é, após o parto. Por isso, é importante adotar cuidados que permitam diminuir ou, até mesmo, eliminar as chances de desenvolver diabetes no futuro.

Em todos os casos, é possível que o paciente diabético adote alguns cuidados para ter uma vida com mais qualidade. A alimentação, por exemplo, merece atenção especial.

Sugestões de alimentos recomendados para quem tem diabetes

O primeiro passo para controlar o diabetes é ter uma alimentação mais saudável. Isso significa evitar os alimentos ricos em açúcares ou carboidratos. 

Por exemplo, doces em geral, mel, geleias, refrigerantes, sucos industrializados, batata, inhame, presunto, linguiça, cervejas e vinhos. 

Além disso, os alimentos que devem ser priorizados na alimentação dos diabéticos devem ser aqueles ricos em fibras, proteínas magras e gorduras boas porque ajudam a controlar a glicose ou possuem um baixo índice glicêmico.

Veja a seguir alguns alimentos recomendados para quem tem diabetes:

  • Grãos integrais: farinha de trigo, arroz, macarrão, aveia, chia e quinoa;
  • Leguminosas: feijão, soja, grão-de-bico, lentilha e ervilha;
  • Legumes, de preferência frescos: alface, tomate, rúcula, acelga, abóbora, vagem, cebola, brócolis, dentre outros;
  • Carnes magras: peixes brancos, carne bovina magra e frango;
  • Frutas, de preferência frescas: laranja, mamão, abacaxi, pera, maçã, pêssego, entre outras;
  • Gorduras boas: abacate, óleo de coco, azeite extra virgem e manteiga;
  • Oleaginosas: castanhas, nozes, amêndoas, avelã, macadâmia e amendoim;
  • Leite e derivados, de preferência desnatados: leite, iogurte natural, queijos brancos;
  • Outros: canela e batata doce.

Também existem alguns alimentos que podem ser consumidos, mas com moderação. Por exemplo, frutas secas e produtos diet.

Quantidade recomendada de frutas

Apesar de estarem incluídas na alimentação de quem tem diabetes, as frutas devem ser consumidas com moderação. Isso porque elas possuem açúcar natural. 

No entanto, não fazem mal quando consumidas dentro da quantidade esperada. Então, veja as quantidades recomendadas pelos médicos em uma refeição:

  • 1 unidade média de frutas inteiras, como maçã ou pera;
  • 2 fatias de frutas grandes, como melão ou abacaxi;
  • 1 mão cheia de frutas pequenas, por exemplo, 8 unidades de uvas;
  • 1 colher de sopa de frutas secas, como uva passa.

Além disso, cabe ressaltar que é importante que o diabético evite consumir frutas com outros alimentos ricos em carboidratos para evitar a ingestão excessiva de açúcar no organismo. 

Também vale a pena ressaltar que toda alimentação é individualizada, respeitando as necessidades nutricionais de cada pessoa. Portanto, não deixe de consultar um nutricionista.

Cuidados para quem convive com essa doença

Agora que você já sabe quais são os cuidados essenciais que toda pessoa que convive com diabetes deve ter com a alimentação, conheça também dois hábitos importantes para quem é diabético. 

Confira!

Praticar atividades físicas

É importante que o portador de diabetes pratique exercícios físicos, como caminhada corrida e natação.

Dessa forma, o organismo gasta mais energia e isso regulariza os níveis de açúcar no sangue.

Mas antes de começar a praticar qualquer tipo de exercício físico, converse com o seu médico para saber quais as medidas que devem ser tomadas antes, durante e após a prática no que se refere à alimentação e ao uso de medicamentos.

Evite o consumo de álcool e não fume

Outro cuidado importante é evitar o consumo de álcool e abandonar o cigarro. Isso porque o álcool eleva a taxa de glicose no sangue. 

Em relação ao cigarro, a nicotina se liga a algumas células e a união pode dificultar que a glicose entre nessas células. Assim, há um aumento de glicose no sangue da pessoa que fuma.

Por fim, é essencial também que o diabético tenha cuidado redobrado com a pressão arterial. Isso porque o enrijecimento das artérias, provocado pela hipertensão arterial, dificulta a absorção da glicose pelas células.

Mantenha-se informado sobre a diabetes

Como você viu, uma alimentação equilibrada é fundamental para evitar problemas de saúde relacionados à diabetes. 

Entre os alimentos recomendados estão produtos integrais, leguminosas e frutas, que devem ser consumidas com moderação.

Gostou desse artigo sobre alimentos recomendados para quem tem diabetes? Aproveite para conferir mais sobre. 

Acesse o blog MedHyper e veja outros artigos sobre diabetes e mantenha-se bem informado! 

diabetes, MedHyper, medlevesohn

Assine nossa newsletter

Gostaria de receber informações e comunicações do projeto MedHyper via email com a opção de descadastramento a qualquer momento.

Contato